Associação vai completar 55 anos

Associação Recreativa e Esportiva dos Servidores Municipais (ARESM) completa, neste mês de outubro, 55 anos de história, transformações e conquistas. Uma história que está estritamente relacionada à da Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul. Quando o município foi insta- lado, em 03 de abril de 1949, eram apenas meia dúzia de funcionários, herdados da cidade-irmã, Santo André, para dar início às suas atividades.

Porém, desde o seu primeiro prefeito, Ângelo Raphael Pellegrino, a cidade cresceu de forma espantosa, ampliando os seus serviços e, consequentemente, o número de funcionários foi aumentando na mesma proporção.

Assim, já na gestão do segundo pre- feito, Anacleto Campanella, os servi- dores da Prefeitura resolveram se organizar para poder reivindicar melhores condições de trabalho e salários mais dignos para a classe. Convocou-se, então, todos os funcionários para uma Assembleia Geral, que foi realizada na Câmara Municipal, no dia 28 de outubro de 1963. Nessa Assembleia, fundou-se a Associação dos Servidores Municipais de São Caetano do Sul, sendo eleita a primeira Diretoria, presidida por Rafael Daniel Filho, e o primeiro Conselho Deliberativo, presidido por Delfe de Paula Coelho.

A primeira atividade da Associação foi oficiar a Câmara Municipal para acompanhar o andamento sobre o processo de reajuste dos salários dos servi- dores daquele ano. Já em 1964, foi realizada a primeira campanha para ampliar o quadro associativo. No mesmo ano, houve um acordo entre o prefeito e a Câmara para inclusão no orçamento de verba para que fosse concedido aumento de 100% aos servidores municipais.

Em 27 de outubro de 1965 foi eleita a segunda diretoria, presidida por João Batista Pinto. Dois anos depois, em 1967, foi escolhida a nova diretoria, tendo co- mo presidente Sidnei Vicário Moreno, que seria reeleito em outubro de 1969.
Em 1971, a Associação viveu um dos momentos mais interessantes de sua história. Uma chapa formada por 52 mulheres venceu as eleições e passou a ser a primeira entidade de classe mista a ter em sua diretoria somente mulheres. Alexandrina Moretto foi eleita presidente. Em sua gestão, promoveu viagens, festas especiais e fez os primeiros convênios com comerciantes da cidade. Durante esse mandato, a Associação foi declarada de utilidade pública, através da Lei Municipal nº 2005, de 29 de dezembro de 1972. Alexandrina foi reeleita para o biênio seguinte (1974/1975).


Foto de 1996 mostra a posse da nova diretoria que marcou uma nova fase na trajetória da ARESM

Para a gestão seguinte, foi eleito presidente Alcindo Pereira, que foi sucedido por Yogi Agata. Em 1980, Sidnei Vicário Moreno retornou à presidência da Associação. Em janeiro de 1984 foi eleita a nova diretoria, tendo como presidente Se- bastião Francisco dos Santos. A ARESM ainda teve como presidentes Clodoal do Vecchi, Matheus José Bazzani, Plínio Turco, Maria Amélia da Silva e o atual, Rubens Bernardo.

Nos últimos anos, a ARESM deu um salto significativo na qualidade dos servi- ços e ampliando os benefícios oferecidos aos associados. Com isso, vem aumentando o seu quadro associativo.

Rua Maranhão, 96
Bairro St° Antônio - São Paulo
09541-000 São Caetano do Sul



Tel.:(11) 4228.7888

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.